Batalha: dois são presos por descumprirem medidas cautelares

3 Agosto, 2017 22:230 comentários

Por descumprir medidas cautelares e voltar a delinquir, o investigado Luis Antonio Soares da Silva, vulgo Pregado, 35 anos, foi preso novamente. O fato ocorreu na noite de ontem, no conjunto habitacional Pedra do Letreiro em Batalha (PI). Também foi preso na manhã de hoje Genival de Carvalho Sousa, vulgo Val, cunhado de Pregado. O mandado de prisão dos dois havia sido decretado em 4 de julho de 2017.

Luis Antonio Soares da Silva, vulgo Pregado.

A dupla havia ganhado liberdade provisória, após furtar um caprino na localidade “Bacuri” em setembro de 2016. Porem, Pregado voltou a delinquir em fevereiro deste ano, ao furtar uma bicicleta, e desde então estava foragido da justiça, o que demonstra que as medidas cautelares tornaram-se insuficientes e inadequadas, além de inócuas, não evitando que o indiciado praticasse novo delito.

A juíza informou que  os autuados não estavam cumprindo as medidas cautelares impostas, em seu inteiro teor, vez que não compareceram para justificar suas atividades. Ou seja, a dupla era considerada foragida da Justiça.

O Ministério Público, opinou pela decretação da prisão dos acusados, em face do descumprimento das medidas cautelares impostas.

Os dois foram conduzidos à Delegacia e após os procedimentos legais foram encaminhados à Penitenciária Regional Luis Gonzaga Rebelo, em Esperantina.



Deixe um comentário nesta matéria

You must be logged in to post a comment.