A palavra final sobre a coligação será de Wellington Dias e pronto

14 Maio, 2018 20:380 comentários 0 views

O jornalista Ubiracy Sabóia, o Bira, conta em seu blog que não adianta o PT reclamar e brigar. A decisão final sobre a coligação proporcional é do governador Wellington Dias.

Leia:

Na semana passada vários dos militantes do Partido do Trabalhadores, inclusive seu presidente deputado federal Assis Carvalho, vieram a público  para defender e bater o pé pela chapa pura petista, no que diz respeito aos cargos proporcionais (deputados estaduais e federais).

Um ponto de vista mais do que válido, afinal de contas na eleição de 2014 o PT foi a escada perfeita para seus coligados como PP/ PTB/PHS/PR/PROS/PRP/SD. A coligação elegeu, em 2014, 9 deputados estaduais. O PT elegeu 3, PP  fez 1 e o PTB 5. Nesta eleição, os petistas afirmaram que se tivessem em uma chapa pura teriam feito 5 deputados estaduais. O argumento é valido e de certa forma está correto.

Mas no fazer política a prática é diferente. No mundo das ideias do PT o ideal é chapa pura, mas no mundo das ideias do governador Wellington Dias a lógica é   outra e passa por uma composição com os partidos coligados. Para a tristeza de muito pré-candidato a deputado estadual.

E é isso que a situação mostra, o PT vai seguir a determinação de Dias. O caso é tão complexo que hoje Assis Carvalho declarou (ao site cidade verde.com) que fará silêncio sobre o assunto e só se manifestará depois do partido tomar a decisão em seu encontro estadual.

Sem fazer qualquer exercício de futurologia, o Blog consegue ver o resultado da composição. Será a vontade de Wellington Dias dentro do que ele entende que será melhor para a sobrevivência do seu grupo político,  mesmo que para isso tenha que desagradar o PT. Afinal de contas quem dá as cartas no PT é Wellington Dias, seu maior líder no estado.  A palavra final será de Wellington Dias, PT gostando ou não.



Deixe um comentário nesta matéria