Conheça a história de Kostya, o cachorro que esperou por 7 anos seus donos falecidos

19 Junho, 2018 17:400 comentários

Muitos de nós nos emocionamos com a história do eterno Hachiko, o cão da raça Akita que foi eternizado por Hollywood e até hoje é um verdadeiro símbolo no Japão.

Porém, a história de Kostya, um cachorro da raça Pastor Alemão na Rússia, é tão emocionante quanto e ainda não é tão conhecida como a de seu companheiro japonês.

No verão de 1995, o cão estava viajando de carro com seus tutores quando o veículo se envolveu em um acidente. A tragédia resultou na morte dos dois tutores, deixando apenas o cachorro como sobrevivente.

Com o passar do tempo, os moradores da cidade de Togliatti passaram a notar o cachorro que sempre ficava ao lado da estrada. Após descobrirem sua origem e como ele foi parar lá, a comunidade o adotou informalmente e passou a chamá-lo de Kostya, que em russo significa lealdade.



Alguns residentes até tentaram adotá-lo oficialmente, mas ele sempre se recusava e acabava voltando para seu lugarzinho ao lado da rua.

E nos próximos 7 anos ele permaneceu no mesmo local esperando seus tutores voltarem. Sua história virou notícia em todo o país e ele se tornou uma lenda local.

No ano de 2002, Kostya foi encontrado morto na floresta ao lado da rodovia. A autópsia revelou que o animal morreu de causas naturais.

Tal lealdade tocou os moradores e após sua morte, ele foi eternizado através de uma escultura de bronze, que foi inaugurada no dia 1° de junho de 2003 com a seguinte frase: ”O cachorro que nos ensinou amor e devoção”.

Hoje em dia a escultura é visitada por casais que desejam receber bençãos para o relacionamento.


Deixe um comentário nesta matéria

You must be logged in to post a comment.