Acusados de matar delegado que trabalhou em Batalha serão ouvidos nesta terça (19)

18 Agosto, 2014 20:590 comentários 25 views

Delegado-Lucas-Craveiro1Os acusados pela morte do delegado Lucas Craveiro serão julgados nesta terça-feira (19), no Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza- CE, a partir das 15h. Ao todo 15 testemunhas serão ouvidas, além dos seis suspeitos de participação no crime que foram presos no dia 17 de março, momentos após o assassinato.

A Delegada Andrea Magalhães, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil de Carreira no Estado do Piauí, viajará ao Ceará para acompanhar o julgamento.

A audiência ocorrerá após cinco meses do latrocínio, que ocorreu quando Craveiro saía de uma lanchonete na esquina das Avenidas Washington Soares e Coronel Miguel Dias, no bairro Guararapes e foi morto a tiros.

“A família espera que a Justiça seja feita e os acusados cumpram pena máxima. O advogado Luciano Vasques um dos melhores criminalistas de Fortaleza e que está no caso como assistente de acusação acompanha todo o processo e a a nossa esperança é que a Justiça seja feita”, disse André Corsini, irmão do delegado.

Os seis reús serão julgados pelos crimes de latrocínio, formação de quadrilha e porte ilegal de armas e pela complexidade do caso, não haverá um desfecho rápido dos trâmites. O julgamento deverá ocorrer em mais de uma audiência devido a quantidade de pessoas a serem ouvidas.

“Esse momento é muito difícil e nossa família nunca conseguiu superar a morte precoce do meu irmão. Há cinco mesese o perdemos de forma cruel. Foi uma fatalidade. Ele estava no lugar errado e na hora errada. Não temos como trazê-lo de volta, mas vamos até o fim para que a Justiça seja feita. Nosso irmão que também é delegado no Maranhão também vai vir a Fortaleza para acompanhar a audiência”, disse Corsini.

O processo tramita na 1ª Vara Criminal, tendo à frente o juiz Sílvio Falcão, sendo acompanhado pelos promotores Gomes Câmara e Deolinda Costa.

CidadeVerde

Deixe um comentário nesta matéria