Viúvas de atropelados em Batalha querem R$ 700 mil de indenização

9 Setembro, 2014 9:270 comentários 8 views

batista-telesFamiliares das vítimas Sebastião Eduardo Costa e Francisco Paulino dos Santos que faleceram em 16 de setembro de 2011 em decorrência de atropelamento por parte do empresário João Batista Mendes Teles, proprietário do Instituto Piauiense de Opinião Pública Ltda, estão pedindo indenização no valor de R$ 717.596,16 (setecentos e dezessete mil, quinhentos e noventa e seis reais e dezesseis centavos) por danos materiais e morais.

Segundo o inquérito policial as vítimas seguiam em uma motocicleta no sentido Esperantina-Batalha, quando houve o choque com um veículo Mitsubishi L200, placa LVU 2591, de propriedade do empresário que trafegava em sentido contrário. Com o impacto, os ocupantes da motocicleta não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

O acidente ocorreu por volta das 19 horas, próximo a entrada que dá acesso a Cachoeira do Xixá, cerca de 8 quilômetros do perímetro urbano de Batalha.

A denúncia foi oferecida em 16 de setembro de 2013 pela Promotoria de Justiça de Investigação Penal da Comarca de Batalha, que denunciou o empresário por homicídio culposo (sem a intenção de matar).

No mês de julho deste ano, três anos após o acidente, as testemunhas prestaram depoimento à Justiça. A próxima fase será a analise das oitivas pela Juíza Lidiane Suely Marques Batista, da Vara Única de Batalha, que recebeu a denúncia em 01 de abril de 2014.

Relembre o acidente clicando AQUI.

Deixe um comentário nesta matéria