Barras lança teste seletivo para professor

3 Março, 2017 11:380 comentários

A Secretaria Municipal de Educação de Barras vai realizar processo seletivo para a admissão de 70 professores em caráter provisório. Estes profissionais são necessários para completar o quadro, tendo em vista que o início das aulas será na próxima segunda-feira, 6 de março. O edital será publicado na próxima semana e constará vagas para a zona urbana e rural. A contratação será realizada por análise de curriculum.

De acordo com o Secretário de Administração, José Luís Fortes Castelo Branco, a medida é necessária enquanto a administração aguarda decisão judicial sobre a contratação de concursados. “Estamos aguardando o juiz Thiago Coutinho se pronunciar sobre a matéria, mas enquanto isso não acontece, a Educação não pode parar “, ressalta o secretário.

Questionado sobre o Projeto de Lei que será apresentado segunda-feira na Câmara Municipal de Barras que tem como objeto a contratação de servidores temporários,  José Luís falou: “Não necessitamos da aprovação daquele Projeto de Lei para fazer este tipo de processo seletivo. Existe outra lei municipal que nos credencia a fazê-lo e é por isso que faremos. Trabalhamos sempre pautados na lei”, disse o secretário, que é também advogado.

O prefeito Carlos Monte falou ao longah sobre a contratação de concursados. Segundo ele, não faz objeção em chamar os concursados, mas reitera que para isso precisa esperar a justiça. “Não iremos trabalhar dentro da ilegalidade. Esse é o norte desta administração. Se a Justiça disser, chame, nós vamos chamar”, afirma o prefeito.

O concurso de que trata o prefeito foi realizado no final da gestão do ex-prefeito Edilson Sérvulo. Foi um concurso marcado por polêmicas. O edital foi lançado às pressas, a licitação foi questionada pelo Ministério Público, as provas foram suspensas pelo juiz de Barras. Veja resumo dos fatos polêmicos que envolveram o certame.

Longah.com

 

Deixe um comentário nesta matéria