George Wellington deixa diretoria de Secretaria do juizado especial para atuar na advocacia

12 Março, 2017 1:152 comments 12 views

O batalhense George Wellington da Silva Borges, filho da Sra. Maria José da Silva Borges e do Sr. Raimundo Borges Sobrinho, não mais está vinculado ao judiciário batalhense, tendo este solicitado junto a então MM. Juíza de Direito desta Comarca sua exoneração, visando buscar novos desafios na área jurídica, deixando de lado o cotidiano das secretarias em busca de uma nova visão da aplicação e solução dos conflitos. A exoneração dele foi publicada no “Diário de Justiça” na última sexta-feira(10).

Ele exercerá a atividade advocatícia em todos os ramos do direito.

George Wellington iniciou seu trabalho junto ao judiciário no ano de 2004, quando foi contratado pela saudosa Tabelião Raimunda Nonata Araújo Tabatinga, através de seu preposto Raimundo Nonato do Nascimento Sousa, então escrevente juramentado, para trabalhar no cartório extrajudicial “Luiz Castro”, onde permaneceu até o ano de 2010, realizando as mais diversas tarefas, tornando-se um grande amigo do preposto Raimundo Nonato do Nascimento Sousa com o qual formou uma grande parceria.

Seu início de trabalho foi marcado pela chegada na Comarca de Batalha do Juiz de Direito Luiz de Moura Correia, que sem duvida foi fundamental no seu desenvolvimento pessoal e profissional, estando sempre disposto a ensinar e pronto ajudar, do qual segundo o mesmo aprendeu ensinamentos de humildade e respeito, sendo peça fundamental para iniciar sua faculdade de direito e manter-se sempre atualizado nos estudos.

No ano de 2005, foi convocado em concurso público e assumiu suas funções em março de 2005, junto ao Município de Batalha – Pi, inicialmente exercendo jornada dupla no fórum e na sua escola de lotação e depois conforme entendimento entre os chefes do poder executivo e judiciário da Comarca de Batalha – Piauí, passou a exercer suas funções exclusivamente junto ao Juizado Especial desta Comarca.

No Juizado Especial este exerceu uma administração admirável durante os 07 anos que lá ficou, principalmente entre os anos de 2010 a 2013, período no qual a demanda da citada unidade judiciária era de aproximadamente 300 processos novos ao mês, gerando um trabalho absurdo, principalmente, se levado em consideração à existência de apenas 02 servidores na secretaria. Mesmo assim junto com seu companheiro Robson Fontinele de Paulo – analista judicial, sempre tentou oferecer o melhor serviço possível apesar das dificuldades.

No ano de 2011 iniciou junto a Christus Faculdade do Piauí – Chrisfapi, seu tão sonhado curso de direito e antes da sua formatura que ocorreu no mês de janeiro de 2016, no 10º bloco já havia como esperado logrado êxito junto ao Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, se tornando o segundo batalhense formado na Chrisfapi a obter êxito no exame.

Hoje em busca de novos horizontes e pensando naquilo que pode ser feito decidiu exercer mais uma de suas profissões junto à sociedade batalhense e espera contar com apoio de seus conterrâneos em busca da aplicação da justiça e do reconhecimento do direito individual e coletivo.

Agradece nesta ocasião a todos que participaram da sua jornada de trabalho no judiciário batalhense que durou, exatos 13 anos em especial: Raimunda Nonato Araújo Tabatinga (in memória), Raimundo Nonato do Nascimento Sousa, LUIZ DE MOURA CORREIA, Tenente Edson Gonçalves, Maria Beatriz Ferreira da Silva (in memória), Francisco das Chagas de Moraes Sousa, Gonçalo Lopes Dias, Ricardo, Nycassio, Ilmara Linard, Flávio Castro, Maria Judite Dias, Francisco José Ribeiro de Miranda, Karol, Maria Flor, Danilo, Marcelo Welcome, Marcelo Carvalho, Lenival Barros, Laryssa, Tiago Alves, Rebeca Lemos, aos promotores de justiça José Reinaldo Leão Coelho e Antonio Charles Ribeiro de Almeida, e em especial aos meus companheiros de Juizado: Robson Fontinele de Paulo, Cleanto Leal Luz, Tiago Melo, Tiago Tardele, Daniel Araújo, Francisco Luis, Tiago Moura, Alexandre Carvalho, Léia Melo, Raquel e Marcondes Amaral Melo.

“Aos meus futuros clientes digo que farei o possível para solucionar as demandas defendendo o seu direito a qualquer custo”, disse o jovem advogado.

2 Comments

  • Celismar Lima da Silva

    Deus abençoe o trabalho desse filho amado e muito querido de nossa cidade de Batalha Piauí

  • Maria Ivonete

    Parabéns!
    Nesse momento tão especial na vida deste Batalhense é que dá para se pensar,como aqui tem gente especial não o conheço pessoalmente mas quero dizer que isso é que se chama de humildade é também desejo a você jovem advogado tudo de bom continue assim com certeza irá mais longe e parabéns para sua família e você mais uma vez.

Deixe um comentário nesta matéria