Falta de merenda reduz horário de aulas em escolas de Batalha

19 Março, 2017 21:280 comentários

A redação foi informada que os estudantes, da Rede Pública Municipal de Batalha, enfrentam problemas nas primeiras semanas de aulas. Apesar de começar em 06.03.2017, quase trinta dias depois da rede estadual, os alunos de mais de 40 escolas localizadas nas zonas rural e urbana do município não estão recebendo Merenda Escolar, pois estão passando o período escolar sem fazer nenhuma refeição ofertada pelo Poder Público Municipal.

Segundo informações de pessoas que pediram anonimato, a Secretaria Municipal de Educação, comanda pelo professor Antonio Soares, orientou as escolas que liberem os alunos mais cedo. “Estamos encerrando às 9h pela manhã e a tarde às 15h”, disse uma professora.

A merenda escolar é uma garantia Constitucional assegurada aos alunos da Educação Básica e dever do Poder Público.

Vereador Nerioston Moraes

Na sessão da última sexta-feira (17), o assunto foi levado à Tribuna da Câmara de Batalha. O Vereador do Nerioston Moraes, do PSC, disse que visitou algumas escolas na zona rural e contatou in loco a falta de lanches para as crianças, fato que, para ele não justifica, pois existem recursos para tal. Os vereadores de apoio ao prefeito ficaram calados.

Disse que se depender dele, na próxima quarta-feira (22) uma comissão formada por vereadores de oposição irá solicitar ao Promotor de Justiça da Comarca, Antonio Charles Ribeiro de Almeida, a instauração de inquérito civil para apurar a falta de Merenda nas Escolas Públicas Municipais.

A reportagem do Folhadebatalha.com.br  tentou contato com o secretário de educação, mas ele não foi localizado para comentar o assunto.

 

Deixe um comentário nesta matéria