• Carlos Magno

No Whatsapp, funcionário insinua tendência do Sindserm

21 Março, 2017 17:420 comentários 2 views

Há alguns dias atrás veio a público, diálogos de uma rede social ligada ao grupo do atual gestor municipal. Nesses diálogos, havia algumas pessoas se mostrando impaciente com determinadas situações que viraram motivos de reclamações por grande parte da população batalhense. O pivô desse diálogo em tal grupo se deu após a publicação de um vídeo onde o moto taxista Nailton, mais conhecido como Big, dirigiu cobranças ao atual gestor.

Em determinada parte das conversas, um apoiador fiel do atual gestor chega a propor um pagamento a quem conseguir tirar uma selfie com o prefeito, insinuando que o gestor é de difícil acesso. No entanto, um desses diálogos chamou atenção, no qual um funcionário do Sindserm afirma ipsis litteris em determinado momento da conversa: “… votei no 11 arriscando meu emprego…”. Tal afirmação leva-se a conotação de que o Sindserm estaria usando de pressão em cima de seus funcionários para que os mesmos votassem em quem o sindicato indicasse.

Com base nesse print, entramos em contato com o presidente do Sindserm José Luís, nos reservando ao direito de não falar o nome da pessoa que escreveu, e perguntamos a ele se haveria tal pressão por parte do sindicato em seus funcionários a votarem em candidatos indicados por eles. O presidente no informou que tais declarações não procedem, pois o Sindicato dos Servidores Municipais é um órgão democrático que sempre respeitou as escolhas de seus membros e funcionários. Finalizou afirmando que analisará bem essa questão.

O atual prefeito é um homem inteligente. Sabe o papel de cada um de seus apoiadores, não sendo preciso alguns apelarem para se destacar em cima dos demais.

Deixe um comentário nesta matéria