• Carlos Magno

Notas Rápidas

17 Abril, 2017 17:050 comentários 15 views

Criticou, ganhou e se calou

O vereador Sebastião Sampaio foi um dos que mais atacou com duras críticas o hospital. O hospital é um dos alvos de críticas da população atualmente, no entanto o vereador  anda num silêncio sepulcral.

Nem tudo são flores, também são matos

De todos esses ponto negativos que estão ocorrendo ultimamente, de uma coisa Batalha pode  entra no cenário mundial: O maior pasto de animais a céu aberto. O mato tomou de conta de tudo.

Entra e sai

Na secretária de Educação já está no seu segundo secretário municipal, sai a mulher e entra o marido. Já na secretaria de Saúde, informações dão conta da saída da enfermeira Mônica Amorim e da entrada de uma cidadã made in Barras.

Forasteiro

Nas campanhas políticas, Ítalo Gomes, ex-diretor do Hospital e Tânia Penafiel, ex-secretária de Saúde, foram bastante criticados por membros da atual gestão e  chamados de forasteiros. No entanto, o atual gestor pensa em indicar uma barrense para a pasta.

Boa escolha?

Após se saber da saída de Monica Amorim da Saúde e vazar a informação sobre a indicada ser Lucinete Nunes, foi noticiado que a mesma sofre investigação do MPF. Tal fato levou o primeiro escalão a reconsiderar a escolha. Mas como a palavra final é do Guerreiro, vamos esperar.

Cobranças indevidas

Segundo denuncias feitas pelo leitor Jardel Henrique,a localidade Grossos está com problemas seríssimos de água e, que ao contrario da gestão passada, onde havia um técnico para consertar os problemas que ocorressem, nessa gestão não há ninguém sendo pago para resolver tais problemas. Disse que tem um responsável pelo chafariz e que fizeram uma reunião para que a comunidade pague uma taxa mensal, caso contrário não terá água em casa.

Cajuína ao invés da segurança

Parece mesmo que a população batalhense perdeu de vez o convênio que a prefeitura tinha com a PM. O atual gestor, pelo andar da carruagem, não quer e nem vai renovar. Enquanto isso, os meliantes comemoram a insegurança generalizada no município. Um comunicador ligado ao guerreiro já tinha dito que, ao invés de renovar o convênio, era melhor investir em cajuína.

Veículos alugados pela prefeitura vivem quebrados

Estudantes da região das Farinhadas (Cortado, Cacimbas I, Imbiribas, Poção) pedem providências das autoridades em relação à qualidade do Transporte Escolar no município, pois segundo eles, para ir estudar é uma batalha, porque os veículos ficam quebrados no meio do caminho.

Deixe um comentário nesta matéria