Em 2017, safra do caju no Piauí deve ser a maior dos últimos cinco anos

24 Abril, 2017 11:070 comentários

A safra do caju no Piauí deve ser uma das maiores dos últimos cinco anos. Há algum tempo, produtores da fruta têm amargado prejuízos devido a seca. A produção caiu significativamente em 2012. A cidade de Santo Antônio de Lisboa, conhecida como a Capital do Caju, é responsável pela maior produção no Estado. Além deste município, mais sete cidades na região de Picos têm forte tradição na cajucultura.

“Já estamos há 30 dias colhendo cajus com qualidade e sem nenhum sinal de praga. Estamos focados que vamos ter uma safra diferenciada dos cinco anos anteriores”, disse Benoni Gregori, produtor de caju.

Segundo Jocibel Bezerra, presidente da Central de Cooperativas de Cajultores do Piauí (Cocajupi), desde 2011 o início da colheita não era tão significativo.

“A partir de 2012, a produção entra em declínio, sendo que o ano de 2016 foi o pior, pois além da falta de chuvas, tivemos uma perda muito grande da área plantada. Chegamos a perder cerca de 55% da área que tínhamos em 2011 e isso nos deu um prejuízo absurdo. Comparando o ano de 2016 com 2011, só chegamos a produzir 15% na região”, disse Bezerra.

Com a boa safra, em um dia estão sendo colhidas em média 250 caixas da fruta.

A produção do caju dura em média cinco meses e é praticamente toda vendida in natura para estados como Paraíba, Ceará, Sergipe, Bahia e Alagoas.

Cidadeverde

Deixe um comentário nesta matéria