Candidato a deputado federal do PT é levado à delegacia em Batalha (PI)

12 Setembro, 2014 15:181 comentário 12 views

Paixao1Um carro de som do candidato Paixão, do PT, que disputa uma cadeira na Câmara Federal, foi conduzido até a delegacia de Batalha na manhã desta sexta-feira, 12. O veículo estava com o som ligado em um volume muito alto nas imediações da praça José Ribeiro Fontene (Sapucaieira).

Um comerciante ficou incomodado com o barulho do veículo que estava estacionado em frente a sua loja. Inicialmente ele fez sinal para o motorista da picape Chevrolet Montana de cor prata, placa EEK 8991, com licença de São Paulo. Na ocasião, o motorista não atendeu a reclamação e continuou com o som alto, o que gerou um bate-boca.

Nervoso, o comerciante resolveu acionar a Polícia Militar. Em pouco tempo os policiais chegaram ao local e surpreenderam o carro do candidato do PT parado na avenida com o som de seu automóvel ligado em volume bem alto. O candidato e o carro foram conduzidos até a delegacia para medir os decibéis e receber orientações sobre as regras de propaganda política na Comarca de Batalha.IMG-20140912-WA0002

Paixão estava de passagem para Esperantina e aproveitou para fazer uma panfletagem no centro comercial da “terra do bode”.

Segundo o Comandante do GPM, Sargento Machado, na delegacia foi explicado ao candidato que não é permitido fazer propaganda com o som no volume máximo parado na avenida.

A autoridade policial informou ainda que, após Paixão deixar a sede da delegacia, o mesmo teria usado o sistema de som do veículo para acusar os policiais de arbitrariedade, chegando a ameaçá-los de denúncia junto à corregedoria da Polícia Militar do Piauí. “Tudo foi gravado e entregue a Promotoria de Justiça  da Comarca de Batalha”, diz Machado.

A reportagem tentou, através de ligações telefônicas, localizar o candidato para que ele pudesse comentar  o assunto, mas só dava caixa postal.

1 comentários

Deixe um comentário nesta matéria