Novas provas do concurso da PM devem ser aplicadas no dia 9 de julho

23 Maio, 2017 15:390 comentários 7 views

Coronel Carlos Augusto

Após os vazamentos e suspeitas de fraude ao concurso da Polícia Militar do Piauí, ficou decidido que uma nova empresa vai ficar responsável por elaborar e imprimir as novas provas. A piauiense Nucepe segue organizando o concurso, mas a confecção das questões será feita por um empresa fora do Piauí, numa tentativa de evitar novas fraudes. As novas provas devem acontecer no dia 9 de julho. Não serão abertas novas inscrições.

De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto, inicialmente foi sugerido que as provas fossem aplicadas no dia 2 de julho, mas na mesma data será realizada as provas do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), logo, a data das provas da PM devem ficar para o domingo seguinte.

“A data sugerida pelo Nucepe foi dia 2 de julho, mas nessa data acontece a prova do IBGE. Como coincidiu, eu vou sugerir que as provas da PM sejam no fim de semana seguinte”, repassou o comandante da PM.

O coronel Carlos Augusto acrescentou que apesar do adiamento das provas por conta das tentativas de fraude, a data final do concurso deve ser mantida. Segundo ele, serão feitas adaptações nas datas para que o certame não sofra com mais atrasos.

Ainda na manhã de hoje (23), o secretário de Segurança, Fábio Abreu, repassou que o governador Wellington Dias havia sugerido mudar a banca aplicadora do concurso da Polícia Militar, mas ficou decidido que a Nucepe continua na função.

A alteração da empresa organizadora do concurso poderia causar um atraso de até 1 ano na conclusão do concurso, segundo o coronel Carlos Augusto. “A gente tem 32 mil pessoas inscritas, e precisamos ter essa atenção com eles. Isso foi feito para não prejudicar os inscritos, porque um ano é muito tempo”, ponderou.

Todas as inscrições ficam mantidas, assim como os locais de aplicação de provas permanecem os mesmos. As novas datas devem ser publicadas o mais rápido possível, de acordo com a PM. O Nucepe deve assinar o contrato com a nova empresa já na próxima segunda-feira (29).

Foto: Isabela de Meneses/Viagora

Deixe um comentário nesta matéria