Prefeitura de Batalha arrecada em média R$ 30 mil com taxa de iluminação pública

10 Junho, 2017 11:151 comentário 3 views

A Prefeitura do município de Batalha-PI arrecada mensalmente o valor R$ 30.000,00 (trinta mil reais) com o recolhimento de taxas de contribuição para o Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (COSIP), que é cobrado nas faturas de energia de todos os consumidores.

As informações dos valores que o município recebe foram informados pelo próprio prefeito do município, João Messias, em resposta ao  requerimento apresentado pelo vereador Nerioston Moraes (PSC).

No mês de dezembro/2016 a prefeitura arrecadou o montante de R$ 36.753,98 (trinta e seis mil, setecentos e cinquenta e três reais e noventa e oito centavos). Já no mês de janeiro/2017 foi arrecadado o valor de R$ 31.502,73 (trinta e um mil, quinhentos e dois reais e setenta e três centavos).

A prefeitura informou ainda que no mês de fevereiro deste ano o município arrecadou o valor de R$ 30.011,36 (trinta mil, onze reais e trinta e seis centavos) – confira o demonstrativo abaixo.

Esta semana o Sr. Prefeito enviou um projeto, que altera a Lei que instituiu a Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (COSIP) no município. Caso o projeto seja aprovado pelos vereadores, aumentará o valor pago pelo contribuinte, ou seja, o prefeito pretende majorar a taxa de iluminação publica em Batalha.

A matéria é polêmica, uma vez, que mexe no bolso do consumidor, que na prática não vê os resultados do imposto cobrado na conta de energia. Um bom exemplo desse descaso são as ruas dos bairros Santa Cruz, Pedra do Letreiro, Coheb, Esperança, e tantas outras que estão há meses nas trevas sem nenhuma atitude da prefeitura.

É importante frisar que o custeio da iluminação dos prédios escolares deve ser pago com 40% FUNDEB, isso é constitucional. Já no caso da administração pública (prefeitura, ginásio de esporte, estádio, chafarizes) os recursos utilizados devem ser do FPM.

A população quer saber: pra onde tá indo a receita da COSIP?, que deveria ser utilizada para o custeio da iluminação pública de ruas, avenidas e praças.

1 comentários

  • Cláudio Meneses

    Sr. Prefeito, confio muito em vossa administração, e sempre me coloco à disposição para auxiliá – lo, como fiz em outras administrações, mas vai aqui me conselho : Antes de pedir aumento de contribuição sobre taxas de iluminação pública, é melhor v.exa. mandar recuperar a iluminação pública dos bairros já mencionados nesta matéria, principalmente a Pedra do Letreiro que a iluminação pública permanece acesa dia e noite, simplesmente por falta de um relé que custa um pouco mais de R$ 900,00, pela reclamação que fiz, me foi informado que necessitaria de uma licitação. Não se faz necessário, pois o valor é inferior e pode se aplicar recursos de emergência.Quero ver a cidade toda iluminada da próxima vez que estiver aí. Um abraço de seu amigo. Cláudio, me contato vc já sabe, o Luiz Segundo os tem.

Deixe um comentário nesta matéria