Deputados federais do Piauí gastam mais de R$ 1,5 milhão em 6 meses

3 Julho, 2017 15:372 comments

Os deputados federais piauienses gastaram no primeiro semestre de 2017 R$ 1.694.593,16. Os valores recebidos são a título de cota parlamentar que visa o custeio de despesas típicas do exercício da atividade parlamentar.

Dez deputados do Piauí fizeram uso desses valores: Assis Carvalho (PT), Heráclito Fortes (PSB), Iracema Portella (PP), Júlio César (PSD), Maia Filho (PP), Marcelo Castro (PMDB), Paes Landim (PTB), Rodrigo Martins (PSB), Silas Freire (Podemos), Átila Lira (PSB).

O valor da Cota Parlamentar é diferente para cada estado da Federação, porque leva em consideração o preço das passagens aéreas de Brasília até a capital do estado pelo qual o deputado foi eleito. No Piauí esse valor é de 40.971,77, onde cada deputado recebe essa cota única mensalmente.

O deputado Júlio César (PSD) foi o que apresentou a maior despesa nos primeiros seis meses de 2017. Dos R$ 245.830,62 liberados para o semestre, ele utilizou mais de 215 mil reais. O mês de fevereiro foi o mês com maiores valores de gastos registrados: mais de 55 mil reais, onde R$ 16.250,00 desse valor foi gasto com locação ou fretamento de aeronaves.

O segundo na lista dessas despesas é o deputado Silas Freire (Podemos), que gastou R$ 213.642,97. No mês de março, quando foi registrado o maior gasto do deputado no semestre, foi utilizado R$ 40.703,84, sendo que R$ 12.950,00 desse valor foi gasto com divulgação da atividade parlamentar.

Veja a ordem de gastos dos deputados piauienses no primeiro semestre desse ano:

1º – Júlio César – R$ 215.366,81

2º – Silas Freire – R$ 213.642,97

3º – Maia Filho – R$ 205.863,82

4º – Paes Landim – R$ 201.434,25

5º – Rodrigo Martins – R$ 159.845,08

6º – Heráclito Fortes – R$ 155.441,20

7º – Átila Lira – R$ 150.754,68

8º – Assis Carvalho – R$ 146.870,74

9º – Marcelo Castro – R$ 131.090,09

10º – Iracema Portella – R$ 114.283,52.

Viagora

2 Comments

  • Tanto dinheiro gasto e nada fazem pelo povo, só conversa fiada e bate boca. Eita país… Vão trabalhar de verdade como o povo sofrido faz, acorda cedinho e vai à luta.Parece piada.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKkk

  • Eles deveriam era morar em Brasilia, pra nao ficar nessas idas e vinhas. Mas eles gostam mesmo é de gastar dinheiro,pois não é deles mesmo.

Deixe um comentário nesta matéria