Batalha: Moradores de comunidade rural dizem estar há mais de quatro meses sem água

6 Outubro, 2017 12:480 comentários 3 views

Moradores da comunidade do Currais, que fica cerca de 25 quilômetros de sede de Batalha, reclamam que não têm água encanada há mais de quatro meses e que, mesmo assim, os moradores pagam uma taxa todo mês. A situação é compartilhada por cerca de 20 famílias que vem adotando medidas alternativas, como carregar água em animais para amenizar o problema.

De acordo com Tânia Carvalho, que procurou a redação do Folhadebatalha.com.br, a água que abastece a comunidade é captada do poço através de um sistema automatizado, armazenada em um reservatório e distribuída através de um sistema adutor para todas as residências. Os moradores suspeitam que a tubulação possa estar obstruída.

Estou aqui hoje para falar sobre o descaso preocupante com os moradores da comunidade Currais, zona rural de Batalha. A maioria está sofrendo com a falta D’água, animais passando sede, plantas morrendo. Os habitantes da comunidade estão sobrevivendo apenas com água das cisternas, captadas das chuvas, que já estão quase secas. Outros nem água nas cisternas têm”,reclama Tânia.

É cobrado todo mês uma taxa no valor de R$ 2,00, que supostamente deveria servir para fazer a manutenção do equipamento. “Essa falta d’água já está com 5 mês , ate agora nada foi solucionado, mas a taxa esta sendo cobrada mensalmente pelo responsável”, denuncia.

Outro lado

Nossa reportagem procurou a Prefeitura de Batalha, que é a responsável pela manutenção do sistema de abastecimento de água da comunidade Currais. Luiz Segundo, Chefe de Gabinete do Prefeito João Messias, disse que a prefeitura não foi comunicada, mas prometeu resolver o problema.

Deixe um comentário nesta matéria