Namorada do presidente do TJ é exonerada depois de polêmica do contracheque

11 Janeiro, 2018 7:250 comentários 2 views

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI), desembargador Erivan José Lopes, não aguentou a pressão e resolveu exonerar sua namorada do cargo de secretária da presidência. A informação é blog Luis Pablo.

Jessica Ramila, além de conquistar o coração do desembargador, garantia um salário bruto de R$ 7.748,18. Saiba mais aqui

Com a repercussão do caso e, principalmente, dos valores recebidos pela amada, foi publicado nesta quarta-feira (10), no Diário da Justiça, a portaria revogando a nomeação.

A jovem iniciou os trabalhos no Judiciário piauiense em janeiro de 2017 e era lotada no Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, com cargo de assessora de planejamento e orçamento e salário bruto de R$ 5.665,40.

Antes de ser assessora do Presidente do Tribunal de Justiça Erivan Lopes, ela também foi chefe de gabinete de desembargador e embolsava R$ 9.790,26 bruto.



Deixe um comentário nesta matéria