Esperantina, Barras e Piracuruca perdem equipes de atenção básica na saúde

4 Julho, 2018 13:130 comentários

Enquanto a prefeita Vilma Amorim (PT) se preocupa com os preparativos da “Festa do Peixe”, o município de Esperantina perde três Equipes de Saúde da Família – ESF. O motivo: descumprimento de prazos estabelecidos para cadastramento no Sistema Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde – SCNES. As informações podem ser consultadas na Portaria nº 1.717, de 12 de junho de 2018, no Diário Oficial da União.

Com a medida, 3 equipes não receberão verbas federais para o custeio e manutenção do atendimento a população mais carente de Esperantina.

As Equipes de Saúde da Família, como se sabe, trabalham na promoção da saúde, evitando que os pacientes adoeçam e tenham que se submeter às filas nos hospitais do SUS.

Igualmente a Esperantina, outros municípios do Piauí foram descredenciados. Água Branca (1), Alto Longá (2), Altos (1), Amarante (2), Antônio Almeida (1), Baixa Grande do Ribeira (1), Barras (7), Buriti dos Lopes (1), Buriti dos Montes (2), Campo maior (2), Caracol (1), Castelo do Piauí (4), Cocal (4), Esperantina (3), Fartura do Piauí (1), Floriano (5), Francinópolis (1), Luis Correia (5), Luzilândia (4), Miguel Alves (2), Oeiras (4), Parnaíba (48), Paulistana (3), Pedro II (5), Picos (8), Pio IX (2), Piracuruca (1), Piripiri (6), Santa Filomena (1), São Raimundo Nonato (3), Teresina (174), União (5) e Uruçuí (3).

Deixe um comentário nesta matéria

You must be logged in to post a comment.