Festa do Bode apresenta saldo positivo ao agronegócio

22 Setembro, 2005 11:580 comentários 6 views

A 1ª Festa do Bode de Batalha, realizada nos dias 17 e 18 deste mês, teve como saldo a comercialização de mais de mil matrizes e reprodutores de alta linhagem, para melhoria do padrão genético do rebanho de ovinos e caprinos; além do festival gastronômico, a feira de artesanato e as manifestações culturais, atraindo um público de cerca de 15 mil pessoas.

De acordo com o governador Wellington Dias, somente o Banco do Nordeste colocou à disposição dos criadores um volume de recursos em torno de R$ 5 milhões para financiamentos de animais. Também presentes o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, que apresentaram outras opções de investimentos em projetos produtivos, dentre os quais a apicultura, que contava com uma unidade demonstrativa, tendo como atração a abelha Tiuba, cujo mel é de grande aceitação por suas propriedades medicinais.

Wellington Dias garantiu ao prefeito de Batalha, Antonio Lages, mais apoio à 2ª Festa do Bode, a ser realizada no próximo ano e enalteceu a importância do evento para o agronegócio na região. Na sua opinião, Batalha deu um passo importante em relação a outros municípios do Piauí, destacando-se com relação a diversas raças de caprinos e ovinos, como também na apicultura e outras atividades produtivas.

“Essa integração do município com o Sebrae, em parceria com o Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Caixa Econômica e outros parceiros”, destacou o governador, acrescentando que por essa razão o Estado não teve nenhuma dúvida em apoiar o evento, vez que é seu objetivo que cada região mostre o seu potencial para todo o Piauí a exemplo de Batalha, que se destaca como o segundo maior produtor de caprinos do Estado e um dos maiores do País.

A estrutura de segurança montada pelo Governo do Estado garantiu a tranqüilidade do evento. Nenhuma ocorrência de natureza policial foi registrada, segundo o major Renato Alves, da Polícia Militar, um dos organizadores. A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) teve participação ativa na orientação dos criadores, principalmente com relação à vacinação dos animais.

Deixe um comentário nesta matéria