Na Pobreza Rural de João Madson e W.Dias surge algo esquisito

18 Janeiro, 2018 13:281 comentário

TCE-PI ESTÁ DE OLHO – O mandato de Wellington Dias vai terminar e o governo não consegue concluir uma grande licitação sem ser alvo de suspeitas e denúncias.

A novidade agora é na Coordenadoria de Pobreza Rural, que W.Dias (preocupado em se reeleger) entregou para o deputado João Mandson (PMDB). O coordenador é o advogado Leonardo Sobral (foto à direita). 

Pois lá no PCPR fizeram uma licitação para contratar serviços de máquinas pesadas. São aqueles serviços bom pra conseguir votos e difíceis de se fiscalizar, principalmente se chover.

Foram 34 lotes na licitação. Mas uma única empresa, a MORAIS MARQUES & CIS LTDA, localizada no bairro Piçarreira em Teresina, sagrou-se campeã em 30 lotes. Os contratos podem render mais de R$ 4 milhões. A grana deve vir do Banco Mundial.

Só que a licitação causou incômodos e o TCE já recebeu a informação pra ficar de olho nos indícios de ilegalidades do edital.

Fonte: Blog Código do Poder



1 comentários

  • Isso é a política, encontrar meios de comprar votos, fazer licitações debaixo dos panos onde as empresas vencedoras todas são dos próprios políticos, ou se extingue a política ou o brasil nunca vai pra frente.Entra político e sai político e nada melhora, o sistema corrompe todos, é comum desvio de recursos, compra de voto, liberação de verbas a troco de propina, isso é a realidade.
    Ou o povo brasileiro cria vergonha ou vai passar a vida toda assistindo esses bandidos enrriquecendo a custa do dinheiro público sorrindo e zombando, tá mais do que claro e notório que político só sabe fazer duas coisas roubar e mentir.

Deixe um comentário nesta matéria

You must be logged in to post a comment.