Vídeo: Cantor Saulo Dugado é baleado após confusão em padaria em Teresina

17 Maio, 2018 12:020 comentários

Uma confusão na manhã desta quinta-feira (17/05) em uma padaria na zona Leste de Teresina terminou com o cantor Saulo Dugado baleado. Imagens registradas por quem estava no local mostra que, após um desentendimento no local, o artista e um outro homem começaram a agressão física. Em seguida, o outro homem saca uma arma e direciona os tiros para as pernas do outro homem. De acordo com informações, o homem que portava a arma é um policial civil, mas ainda não foi confirmado, a informação é do site OitoMeia.

O incidente aconteceu na Padaria Ideal, na avenida Pres. Kenedy, na zona Leste de Teresina. Uma funcionária da padaria confirmou ao OitoMeia que ele tratou mal os funcionários e clientes porque não tinha palito de dente na mesa dele. Os funcionários disseram que não poderiam dar mais informações, a pedido da gerência do estabelecimento.

Clientes do estabelecimento, em defesa do policial, ainda não identificado, disseram que o músico estava exaltado e que proferiu palavras de baixo calão aos funcionários. Uma cliente disse que ele não tinha o direito de fazer aquilo, mas ele teria revidado com mais agressores verbais. Foi aí que o policial chegou e disse para ele parar. O músico, todavia, como visto no vídeo, continua as agressões e pede para o policial atirar. O policial atirou na perna do músico. Até agora, somente o gerente da padaria e outros funcionários estão sendo ouvidos no 5° DP. O policial e o baleado ainda não foram encontrados.

O policial atirou na perna do músico. Até agora, o gerente da padaria e outros funcionários estão sendo ouvidos no 5° DP. O policial e o baleado ainda não foram encontrados.

O 5º Batalhão de Polícia Militar foi acionado mas quando chegou, os dois envolvidos tinham ido para o hospital. “Foram duas pessoas que discutiram dentro da padaria, a gente foi acionado, mas já tinha ocorrido tudo, o pessoal foi para o hospital. Cada um foi no carro, e eles foram para o hospital”, disse o Capitão Genildo ao OitoMeia. Os policiais não têm informações do quadro de saúde e para qual hospital se deslocaram os envolvidos.

 

Deixe um comentário nesta matéria

You must be logged in to post a comment.